Entenda a relação entre qualidade de vida e a localização do imóvel

Qualidade de vida e localização do imóvel: entenda a relação entre eles
qualidade de vida
Powered by Rock Convert

Já imaginou receber uma visita de última hora e precisar sair do seu bairro para comprar um lanche para ela ou necessitar de um medicamento à noite e ter que rodar muito tempo até encontrar uma farmácia? Ou ainda pior: ficar dependente de uma avenida super congestionada para conseguir chegar ao trabalho todos os dias?

São situações complicadas. Mas isso é o que geralmente acontece quando compramos um apartamento novo sem considerar um dos pontos mais importantes para garantir a nossa qualidade de vida: a localização do imóvel. Vamos explicar neste artigo como observar aspectos fundamentais durante a sua tomada de decisão. Acompanhe!

O seu tempo é valioso

Quem não gosta de chegar mais cedo em casa para passar mais tempo com a família, assistir ao seu programa favorito, investir nos estudos ou simplesmente relaxar e ficar sem fazer nada? Independentemente do motivo, todo mundo aprecia isso! Ao escolher o novo imóvel para morar, principalmente para quem vive nos grandes centros, é fundamental levar em conta o tempo que será gasto durante o trajeto de casa até o trabalho, assim como até a escola dos filhos.

Trabalhar e frequentar locais que fiquem perto de casa é um fator muito importante para conseguir manter a qualidade de vida. Mas, mesmo que eles não estejam tão próximos da sua residência, se a região oferecer boas vias de acesso, com trânsito rápido, você já terá uma grande vantagem. Então, perderá menos tempo no trânsito e adquirirá bem-estar ao fazer o que mais gosta.

A sua saúde agradece

Quando tratamos de saúde, também abordamos a qualidade de vida e o local escolhido para morar influencia tudo isso. Da mesma maneira que é interessante trabalhar e estudar em locais acessíveis, isso é muito útil quando você precisa de opções para cuidar da saúde. Em casos de urgência e emergência, ter por perto hospitais, clínicas e farmácias conta muitos pontos para o seu bem-estar.

A localização do imóvel também impacta o seu estilo de vida, pois, se você precisa ir muito longe para encontrar boas academias ou locais adequados para praticar atividades físicas e esportes, por exemplo, a chance de você se desmotivar é grande, o que dificulta a sua busca por uma vida mais saudável.

O seu conforto diário também agradece

É desagradável não ter opções por perto quando precisamos ir ao supermercado, à padaria ou ao banco. Se você precisa fazer tudo utilizando o carro, mesmo que seja uma tarefa básica como comprar alimentos, pode chegar a um ponto em que a sua rotina não será mais sustentável, porque não haverá a facilidade e o conforto necessários para realizar as atividades corriqueiras.

A sua segurança é fundamental

Principalmente nos grandes centros urbanos, não podemos negar que a violência é um fator muito presente e um dos pesadelos dos moradores. Ao optar por um novo imóvel para viver, a segurança deve ser muito bem avaliada para fazer a melhor escolha possível. É aconselhável que você vá à região onde pretende residir, converse com moradores e comerciantes sobre a segurança do local e os índices de criminalidade.

Eles são as melhores referências para relatarem informações que podem ser decisivas para você. Além disso, é importante visitar as ruas ao redor em períodos noturnos para ver se são bem iluminadas, se há bastante movimento, se a residência fica em lugares muito desertos ou cheios de matas, favorecendo o esconderijo de pessoas mal-intencionadas.

Nesse sentido, ainda devem ser levadas em consideração a oferta de serviços como vigilância e controle de entrada/saída de pessoas no condomínio ou prédio pretendido, a rede de monitoramento e proteção de vizinhos, e a disponibilização de policiamento pela rede pública.

O seu sossego não tem preço

Quando você for ao local onde pretende morar para investigar como é a movimentação da região, observe também o aspecto da tranquilidade nos arredores. Em cidades grandes, é muito comum encontrar bairros que têm uma ótima infraestrutura mas não são bons para morar. São lugares com forte perfil comercial ou de lazeres noturnos, como bares e boates.

Imagine morar ao lado de uma casa de shows e só depois de algum tempo — quando já estiver passando pelo transtorno de não conseguir dormir bem — descobrir que fez uma má escolha. Ou residir perto de uma fábrica cujos equipamentos são barulhentos e podem tirar o seu conforto sonoro inclusive durante o dia. É complicado.

As suas opções de mobilidade são importantes

Um dos pontos positivos de escolher um imóvel que proporcione qualidade de vida é contar com várias opções de transporte por perto, principalmente o metrô. Morar em um local onde há um bom comércio e boas opções de lazer, mas precisar andar muito para pegar o meio de transporte quando sai para trabalhar talvez não seja a melhor solução.

Além disso, é interessante verificar se a localização oferece ciclovias, áreas para andar de patinetes e outras alternativas de locomoção mais sustentáveis e econômicas, seja para ir ao trabalho ou para o lazer em família. Ter a tranquilidade de se deslocar a pé também é uma opção saudável para o corpo e o bolso.

O seu local tem que ter a sua cara

Por fim, independentemente de ser acessível, confortável, seguro e oferecer uma variedade de comércio e lazer, o mais importante ao escolher a localização do imóvel é entender o seu estilo e o que é mais importante para você, pois isso sim significa investir na sua qualidade de vida.

Há pessoas que não se importam de morar perto de casas noturnas ou em lugares barulhentos desde que a região ofereça boa infraestrutura enquanto outras não abrem mão de trabalhar perto de casa. Há ainda aquelas que preferem o sossego e o silêncio. Isso deve ser muito bem avaliado ao escolher a localização do imóvel para não haver frustração após a compra, afinal, o que está sendo analisado além da moradia em si é a sua qualidade de vida.

Como você já descobriu quais fatores influenciam o seu bem-estar ao escolher uma boa localização para morar, confira agora algumas dicas de como definir o tamanho ideal do apartamento para você e a sua família.

Leave a Reply