Como realizar a vistoria de seu imóvel passo a passo

vistoria de imóveis
Powered by Rock Convert

Se, recentemente, você comprou uma casa ou um apartamento e está prestes a receber as chaves em mãos, é preciso realizar a vistoria de imóveis. Ela é fundamental para que você tenha certeza de que a propriedade está em condições habitáveis, dentro daquilo que lhe fora prometido.

Mas nem todos sabem, exatamente, o que deve ser avaliado no momento de assinar esse documento. Por isso, neste artigo, vamos mostrar a importância da vistoria de imóveis novos ou usados e quais os itens que devem ser checados para que não haja dores de cabeça no futuro. Confira e faça a sua checklist!

Por que a vistoria de imóveis novos ou usados é tão importante?

A checagem minuciosa sobre as condições do imóvel no momento da compra permite que você se certifique de que está tudo de acordo com o que foi combinado com o vendedor. Essa avaliação é válida tanto para os imóveis novos (o que pode ser feito por meio da conferência do memorial descritivo) quanto para os antigos.

Imóveis novos

A vistoria deve verificar a qualidade construtiva do imóvel, em especial se há algum defeito aparente na construção. Caso haja algo em desacordo, a informação deve ser repassada o quanto antes, para que a construtora faça os devidos reparos, por menor que seja o problema.

Atenção: se você não fizer a contestação dentro do prazo estipulado em contrato, poderá perder a garantia de que a empresa se responsabilize pelas reformas necessárias. Isso significa que o prejuízo poderá ficar por sua conta, por isso a importância de fazer a vistoria rigorosamente.

Imóveis usados

A vistoria em imóveis mais antigos pode ser ainda mais difícil, pois eles podem apresentar problemas que não estão aparentes. É o caso de um sistema elétrico ou hidráulico muito antigo, vazamentos internos, infiltrações disfarçadas pela pintura nova, rachaduras, entre outras situações.

É preciso estar atento a todos os detalhes para que as possíveis falhas sejam negociadas com o vendedor e para que não haja frustração depois de pegar as chaves do imóvel. Ela é importante, inclusive, no caso da compra de imóvel com a mobília incluída, pois qualquer problema pode interferir no valor da negociação.

Como deve ser feita a vistoria de imóveis?

A vistoria deverá ser realizada durante o dia, de preferência, ensolarado, para iluminar adequadamente todos os cômodos do imóvel, podendo detectar possíveis problemas. É necessário abrir e fechar todas as janelas e portas para verificar se estão funcionando normalmente. Analise se elas precisam ser impermeabilizadas.

Geralmente, esse processo é feito com a aplicação de uma camada final de silicone, evitando a entrada de água ou infiltrações. Verifique, também, se os vidros da janela estão trincados ou arranhados.

Analise a qualidade da cerâmica da casa. Olhe, com cuidado, todas as louças instaladas no seu imóvel, como vaso sanitário, e verifique se não estão trincadas. Verifique a pia da cozinha e cubas do banheiro. Observe se não há arranhões nas torneiras. Todos os detalhes devem ser anotados.

Teste as tomadas. Nesse mesmo nicho, aproveite para levar uma lâmpada e testar em todos os cômodos. Uma dica: leve sua máquina fotográfica, podendo ser até o celular, e fotografe os defeitos que você encontrar. Se tais irregularidades forem constatadas no momento da vistoria, a sua construtora terá até 30 dias para repor as peças danificadas.

Como fazer uma checklist para a vistoria de imóveis novos ou usados?

Para facilitar o seu trabalho no momento de entrega do imóvel, elaboramos uma checklist para que você não deixe passar nada de importante em sua vistoria. Siga o nosso passo a passo!

Parte elétrica da casa

  • Primeiro de tudo, se no ato da vistoria o imóvel se encontra sem energia elétrica, conste isso nos autos e solicite nova vistoria quando tudo estiver regularizado;
  • use o carregador de celular para verificar as condições de todas as tomadas;
  • lembre-se de testar, também, a campainha;
  • observe se há a indicação de todos os pontos dentro do seu quadro de luz.

Pisos

  • Com a ajuda de uma bolinha de gude, faça o teste para perceber se o piso está muito irregular;
  • em silêncio, veja se há partes ocas assentadas.

Parte hidráulica

  • Antes de começar, teste as torneiras e perceba se enquanto a água escorre há vazamentos;
  • observe também se elas se encontram manchadas ou arranhadas;
  • cheque se os registros funcionam normalmente;
  • teste a pressão da sua descarga do banheiro;
  • para avaliar o escoamento de água da varanda, jogue um balde de água e veja se empoça em algum lugar;
  • depois de deixar a torneira aberta, certifique-se de que ao fechá-la, ela não fica pingando.

Portas, janelas e esquadrilhas

  • Nas esquadrilhas, certifique-se de não haver manchas ou amassados;
  • os vidros instalados não podem estar trincados ou arranhados, também não podem estar soltos ou balançar com o vento;
  • veja se as portas estão totalmente pintadas, inclusive a parte de cima delas;
  • teste todas as fechaduras e não se esqueça do olho mágico.

Outras observações

  • Veja se todas as partes estão retas, se há alguma mancha ou rejunte mal posicionado;
  • observe se não há manchas de tintas nos pisos ou rodapés;
  • não se esqueça de solicitar o seu Manual Descritivo e saber da qualidade dos materiais que lhe foram entregues, bem como os prazos definidos em contrato.

Qual a importância da imobiliária nesse processo?

O momento da compra de um imóvel, muitas vezes, é marcado pela emoção. Por isso, contar com o apoio de um profissional para ajudar você em todo o processo, desde a escolha (envolvendo a localização adequada, as características que atendem às suas necessidades e a regularização dos documentos) até a vistoria adequada do bem, pode ser fundamental para que você não deixe passar nada de importante.

A imobiliária conta com uma equipe que tem experiência em vistorias e vai ajudar a encontrar detalhes que, muitas vezes, os compradores acabam não percebendo. Isso ocorre, especialmente, quando há problemas estruturais, que podem estar disfarçados com uma boa pintura.

Portanto, não deixe de tomar todos os cuidados que você aprendeu neste artigo para fazer a vistoria de imóveis novos ou usados com todo o rigor necessário. Assim, você poderá fazer uma negociação mais justa e evitará arcar com os custos de uma reforma no futuro, que podem atrapalhar o seu planejamento financeiro.

O que achou das informações do nosso post? Quer ficar por dentro de todas as dicas para a compra de um imóvel com segurança e tranquilidade? Assine a nossa newsletter e receba gratuitamente os nossos conteúdos na sua caixa de e-mails!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Leave a Reply